Novidades

October 27, 2023

Revolucionando a visão computacional: o poder do LLaVA e do ajuste fino

Carlos Mendes
WriterCarlos MendesWriter
ResearcherAishwarya NairResearcher

Recentemente mergulhei no mundo da visão computacional e descobri um modelo interessante de linguagem de visão chamado LLaVA. Este modelo revolucionou o processo de ensino de um modelo para reconhecer características específicas em uma imagem.

Revolucionando a visão computacional: o poder do LLaVA e do ajuste fino

Tradicionalmente, treinar um modelo para reconhecer a cor de um carro em uma imagem exigia um laborioso processo de treinamento desde o início. No entanto, com modelos como o LLaVA, tudo o que você precisa fazer é perguntar algo como “Qual é a cor do carro?” e pronto! Você obtém sua resposta, estilo tiro zero.

Essa abordagem reflete os avanços que vimos no campo do processamento de linguagem natural (PNL). Em vez de treinar modelos de linguagem do zero, os pesquisadores estão agora ajustando modelos pré-treinados para atender às suas necessidades específicas. Da mesma forma, a visão computacional está caminhando na mesma direção.

Imagine ser capaz de extrair informações valiosas de imagens com um simples prompt de texto. E se você precisar melhorar o desempenho do modelo, alguns ajustes finos podem fazer maravilhas. Na verdade, meus experimentos mostraram que modelos ajustados podem até superar aqueles treinados do zero. É como ter o melhor dos dois mundos!

Mas aqui está a verdadeira mudança de jogo: os modelos fundamentais, graças ao seu extenso treinamento em conjuntos de dados massivos, possuem uma compreensão notável das representações de imagens. Isso significa que você pode ajustá-los com apenas alguns exemplos, eliminando a necessidade de coletar milhares de imagens. Na verdade, eles podem até aprender com um único exemplo.

A velocidade de desenvolvimento é outra vantagem de usar prompts de texto para interagir com imagens. Com essa abordagem, você pode criar rapidamente um protótipo de visão computacional em segundos. É rápido, eficiente e está revolucionando o campo.

Então, estamos caminhando para um futuro onde os modelos fundamentais assumam a liderança na visão computacional ou ainda há lugar para treinar modelos do zero? A resposta a esta pergunta moldará o futuro da visão computacional.

PS: Eu gostaria de conectar descaradamente minha plataforma de código aberto chamada Datasaurus. Ele aproveita o poder dos modelos de linguagem de visão para ajudar os engenheiros a extrair insights de imagens rapidamente. Eu queria compartilhar minhas idéias e iniciar uma conversa sobre o futuro da visão computacional. Vamos conversar!

About the author
Carlos Mendes
Carlos Mendes
About

Carlos, originário de Angola, combina com perfeição sua paixão por casinos online com seu domínio da língua portuguesa. Como localizador, seu trabalho reflete as ricas nuances culturais e linguísticas de Angola, ressoando com o público local.

Send email
More posts by Carlos Mendes

Últimas notícias

Da raspadinha ao jackpot: a vitória de US$ 300.000 de uma mulher da Carolina do Sul
2024-04-15

Da raspadinha ao jackpot: a vitória de US$ 300.000 de uma mulher da Carolina do Sul

Novidades